SERIGRAFIA E SIGN 2017

sábado, 14 de julho de 2012

TINTAS DE CURA ULTRA VIOLETA



As tintas e vernizes para serigrafia UV são sistemas isentos de solvente, que curam rapidamente quando submetidos às radiações ultravioletas de alta intensidade. As impressões obtidas distinguem-se por níveis superiores de aderência, flexibilidade, dureza de superfície, brilho e resistência química e à abrasão. A cura, ou transformação da película de tinta do estado líquido ao estado sólido dá-se pelo estabelecimento quase instantâneo de fortes ligações químicas entrecruzadas (reticulação, ou polimerização entrecruzada) entre os componentes reativos, mediante a exposição da película às radiações ultravioletas de alto conteúdo energético emitidas pelas lâmpadas de vapor de mercúrio de média pressão.



SEGURANÇA DO TRABALHO

Quando trabalhamos com tintas UV, é preciso que o serígrafo esteja atento a fatores de segurança, pois os raios UV gerados pelas curadoras UV são idênticos aos raios solares que provocam queimaduras e câncer de pele. Sendo assim, são fundamentais algumas medidas de segurança, como:

·         O isolamento da área em que estão instaladas as curadoras, evitando o vazamento da luz no momento da exposição;
·         O uso de materiais de segurança (EPIS), tais como: luvas, óculos de proteção e aventais, eliminando o risco de contatos acidentais. As tintas UV não apresentam produtos voláteis, mas na maioria dos casos são compostos reativos bastante irritantes;
·         Quando em funcionamento, o equipamento vai gerar um gás chamado ozônio em volta da lâmpada UV. Este gás é extremamente nocivo para o homem, podendo causar náuseas, dor de cabeça, problemas de garganta e oftalmológicos. As curadoras devem ser dotadas de sistemas para exaustão do gás ozônio para fora do ambiente de trabalho. Pois na atmosfera, ele se dissipa com muita facilidade.



VANTAGENS DAS TINTAS SERIGRÁFICAS DE CURA  UV EM  COMPARAÇÃO  COM AS TINTAS  CONVENCIONAIS

Estabilidade na Tela: O fato de serem estas tintas isentas de solvente, e de somente endurecerem (polimerizarem) ao receber o impacto da radiação UV, significa que não podem secar na tela. Portanto, não a entopem, e não ocorre perda gradual da qualidade de impressão; pelo contrário, podem até reproduzir detalhes mais delicados com precisão. Não exigem freqüentes reposições de solvente, e interrupções para remoção de tinta e limpeza da matriz. Conseqüentemente, também, não há perdas de tinta.

Aumento da Velocidade de Produção: Conseqüência direta da cura extremamente rápida, o material impresso passa pela unidade curadora a altas velocidades, e pode ser manipulado e processado imediatamente. Os substratos podem ser empilhados ou bobinados na saída da curadora, sem perigo de haver colagem, blocagem, ou de manchar partes não impressas ou de borrar a impressão. Também a estabilidade na tela, por si só, já contribui para um aumento da produção.

Maior Tiragem (Metragem) por Quilo de Tinta: Dado o fato de o teor de sólidos das tintas a base de solvente situar-se, aproximadamente, entre 70% e 20%, as impressões feitas com tintas UV podem dar um rendimento, respectivamente, entre 40% a 400% a mais, em termos de metros quadrados de área impressa por quilo de tinta, considerada a mesma espessura de película seca.
Economia de energia uma curadora UV consome muito menos energia do que uma curadora térmica.

Economia de Espaço: Uma curadora UV ocupa muito menos espaço do que uma curadora térmica. Também o fato de o material impresso poder ser manipulado imediatamente significa economia de espaço.

Qualidade Superior da Impressão: É possível obter níveis de brilho das tintas e vernizes curados por UV bem superiores aos das tintas convencionais, a base de solvente. Além disso, podendo-se aplicar maiores espessuras de película, se quiser, torna-se possível obter qualidade visual muito atraente, como, por exemplo, efeito de imagem em aparente relevo sobre a base.

Proteção do Meio Ambiente: O controle da emissão de solventes para a atmosfera, muito provavelmente, vai se constituir de longe no principal problema das indústrias de tintas num futuro não muito longínquo. A ausência de solventes coloca as tintas de cura UV na categoria de ecologicamente limpas. Também o ambiente de trabalho torna-se, não apenas, mais seguro, como mais confortável sob este aspecto.


O que é radiação UV? 

                Radiação UV é a energia emitida pelas lâmpadas dos equipamentos de cura, sem essa energia as tintas UV não curam.

Luz Visível: estas energias são emitidas através de uma fonte de luz, a luz, é um caso particular de energia eletromagnética.

As particularidades que caracterizam os tipos de energia eletromagnética dizem respeito especificamente às variações na pulsação que mencionamos.

Tomando-se uma trajetória isolada de propagação de energia vemos que, dada sua velocidade, há um espaço de certo comprimento para que o espaço pulsante se repita. Chamamos este espaço de comprimento de ondas.


DETECTOR DE EXPOSIÇÃO UV  (MOSTRA GRAFICAMENTE A DOSAGEM E A UNIFORMIDADE)

O radiômetro  pode medir a dosagem total e a irradiação máxima da iluminação UV ocorrendo em tempo real dentro do equipamento, e que mostra imediatamente o diagnóstico do sistema, está sendo apresentado pela International Light, Inc. de Newburyport, Massachusetts.
O modelo IL393UV Light Bug é um instrumento compacto, que pode resistir tanto à irradiação UV intensa quanto à temperaturas extremas encontradas dentro dos fornos de cura e dos sistemas de exposição fotoresistentes. 




VERNIZ UV DE ALTO BRILHO PARA SERIGRAFIA

O destaque deste verniz é sua versatilidade. Ele pode ser usado em papel com ou sem laminação BOPP na produção de malas diretas, folders, capas, embalagens, entre outros materiais. Tal característica permite que a gráfica minimize itens de estoque e reduza o tempo de acerto de máquinas nas trocas de serviço, contribuindo para a elevação da produtividade e redução de custos. Afora isso, por proporcionar um filme de cobertura mais flexível, o verniz permite que o papel suporte melhor processos mecânicos como relevo e corte e vinco.

Um comentário:

  1. Parabens, Dr. silk gostei muito das dicas sobre as tintas uv.Já a algum tempo trabalho com impressões de sacolas em polietileno tratado porem com tintas convencionais, agora estou testando as tintas uv.Gostaria de saber se como não possuo as lampãdas adequadas esta tinta se curam com as florecentes comuns?ou teria mesmo que ser as apropriads ou seja de vapor de mercúrio.meu e-mail vendas@inboxexpress.com.br, ficaria muito agradecido se me pudesse responder.Desde já muito Obrigado # Marcos

    ResponderExcluir

Faça seu comentário, participe com suas sugestões!