terça-feira, 29 de novembro de 2011

CURSO DE SERIGRAFIA GRATUITO NO SENAI/RJ

Esta querendo fazer um curso de serigrafia gratuito e de qualidade? Se você é residente no Rio de Janeiro - Brasil, chegou a sua hora!O SENAI de Artes Gráfica do Rio de Janeiro unidade Maracanã, esta com inscrições abertas para mais uma turma de Operador de Serigrafia. As aulas serão pela manhã 8h às 12h, iniciando em 13 de agosto, num total de 250 horas/aulas.  A oficina do curso está muito bem equipada e conta com equipamentos industriais como: esticagem pneumática, estufas, gravação ultra violeta, impressoras à vácuo, etc. Maiores informações podem ser obtidas com a Sra. Elma Passos dos Santos - Supervisora Técnica de Artes Gráficas - Setor de Educação Profissional - SESI/SENAI Maracanã - Tels.: 55(21) 3978-5333/5300 ou no endereço: Rua São Francisco Xavier, 417 - Maracanã - Rio de Janeiro/RJ.





















quinta-feira, 24 de novembro de 2011

CONCEITOS BÁSICOS SOBRE GRAVAÇÃO DE MATRIZES

Vamos falar um pouco sobre os conceitos básicos de uma boa gravação de tela.



1º) As telas devem ser desengraxadas ou desengorduradas sempre antes da aplicação da emulsão, para remoção de qualquer impureza que esteja no tecido. Não utilize detergente caseiro, ele contém lanolina e silicone que prejudicam a ancoragem da camada de emulsão na tela. Recomendo o uso do  Desengraxante Gel para Telas | RF.100 da Gênesis Tintas;

 2º) Escolher a emulsão de acordo com a tinta que você ira usar na impressão. Se você for trabalhar com tinta a base de água, plastisol ou tinta sintética a base de solvente escolher as emulsões Serifoto Emulsão Verde Resist Água | E.5002 ou Serifoto Emulsão Azul Resist Água | E.5003 da Gênesis Tintas. Mais se você vai imprimir com tinta a base de solvente ou ultra violeta utilize as emulsões Serifoto Emulsão Azul Resist Solvente | E.5004 ou Serifoto Emulsão Violeta Resist Solvente | E.5005 da Gênesis Tintas. Não esqueça de comprar o Sensibilizante para Serifoto | E.5007 da Gênesis Tintas, este sensibilizante deve ser adicionado na emulsão na proporção de 9 partes de emulsão para 1 parte de sensibilizante. Cuidado para não preparar muita emulsão pois a vida útil da emulsão sensibilizada é de 48 horas aproximadamente. Recomendo a utilização de um copo  plástico graduado (copo Becker) para preparação. Sempre que estiver preparando a emulsão utilize lâmpada amarela de serviço, nunca utilize lâmpada branca durante esta etapa.

3º) Qualquer fonte de luz pode ser utilizada na gravação de telas de serigrafia. Porém eu recomendo a utilização de lâmpadas pontuais, como: halógena de 500/1000 Watts ou foto flood de 250/500 Watts. Esses dois tipos de lâmpadas não utilizam reatores para funcionamento. A lâmpada halógena precisa de um refletor próprio. Não esqueça que esta lâmpada deve ser manuseada com um pano ou flanela, pois se você tocar no seu bulbo de vidro poderá danificar a lâmpada para sempre. A lâmpada foto flood só possui um inconveniente, o seu tempo de vida de 60 horas aproximadamente. O custo destas duas lâmpadas deve ser de R$ 35,00 e R$ 15,00 respectivamente. Importante não esqueça de comprar sua lâmpada na tensão que você disponha (110/220V), as lâmpadas com voltagens de 220 volts possuem menor consumo de energia;

 4º) Se você optar por montar sua própria mesa de luz não esqueça de colocar a lâmpada a uma distância de 60 cm do vidro. O vidro deve ser totalmente transparente de espessura mínima de 6 mm. Para quem esta começando, recomendo uma mesa de vidro de 80x80cm. Se você optar em cobrir as laterais da mesa não esqueça de deixar algumas pequenas saídas de ar, pois o calor da lâmpada no interior da mesa certamente irá trincar o seu vidro;

5º)  Na hora de aplicar a emulsão na tela utilize uma calha de alumínio apropriada ou improvise com uma régua de acrílico ou algo semelhante. A camada de emulsão na tela deve ser a mais uniforme possível. Utilize uma régua com comprimento um pouco menor que a largura interna da moldura da tela. A  camada de emulsão do lado externo da tela vai definir a resolução da imagem gravada e camada interna a resistência da tela a abrasão do rodo impressor. Para telas de numeração muito aberta até 77 fios/cm, recomendo uma aplicação pelo lado externo e uma pelo lado interno. Acima de 80 fios/cm recomendo 1 aplicação de camada  pelo lado externa e 2 pelo lado interno. Coloque a tela para secar na horizontal com o lado externo voltado para baixo, sobre alguns calços improvisados. Você pode secar a frio com o auxílio de um ventilador ou circulador de ar, ou a quente com o uso de um  secador de cabelos em temperatura baixa. Nunca utilize o soprador térmico para esta tarefa, pois sua temperatura é muito elevada. Quando a tela estiver com uma aparência fosca na camada de emulsão esta na hora de realizar a gravação na mesa de luz. A temperatura ideal de secagem para este tipo de emulsão é de 35º C. Importante: A tela depois de seca com emulsão sensibilizada com bicromato deve ser gravada até 4 horas. Pois o bicromato reage depois deste tempo mesmo protegido de luz.

5º) Se você possui uma mesa de gravação com lâmpada halógena de 500 W, o tempo de gravação deve estar em torno de 1 min de exposição. Quando a camada de emulsão não estiver totalmente endurecida pela ação da luz branca é porque o tempo de gravação não foi o suficiente para polimerizar esta camada, neste caso, aumente o tempo de exposição para corrigir este problema. O filme a ser gravado deve ter um perfeito contato com o tecido da tela. Coloque o filme sobre o vidro da mesa e a seguir coloque a tela emulcionada com o lado externo voltado para baixo, agora precisamos de um perfeito contato entre ambos, para isso,  recomendo que você coloque uma flanela pelo lado interno e sobre ela um pedaço de Duratex  e por último coloque alguns pesos sobre esta placa para ajudar na compressão. Você pode utilizar latas vazias de leite em pó com concreto no interior para servir de peso. Decorrido o tempo de gravação você deve revelar a tela com jatos de água sob certa pressão. A camada não polimerizada pela luz irá se dissolver na água. Se a tela estiver bem gravada e revelada coloque para secar e depois verifique se é necessário realizar algum retoque, você poderá retocar com a própria emulsão, se você estiver retocando com emulsão para tinta a base de água não esqueça de secar e dar uma segunda exposição na luz para completa polimerização desta camada aplicada;



Dr. Silk






sábado, 19 de novembro de 2011

CENTRO DE TREINAMENTO DA GÊNESIS TINTAS



Treinamentos:
O Centro de Treinamento Espaço Gênesis é um local destinado a treinamentos de clientes e 
desenvolvimento de novas técnicas, cursos práticos, workshops e um canal direto com nosso
departamento de assistência técnica  para esclarecer dúvidas sobre nossos produtos 
e aplicações. Contamos com uma equipe técnica altamente  capacitada e uma estamparia
equipada com mesa corrida, mesa com berços, mesa corrida térmica, mesa a vácuo, mesa 
de vidro, estufa de esteira, estufa de gaveta, prensas térmicas, laboratório de 
revelação e limpeza de matrizes, mesa de esticagem de telas com pinças pneumáticas,
secadores, flash-cures, sopradores térmicos, túnel UV, máquina para flocagem, 
máquina para clichê, expositor de tecidos, show-room de acessórios, máquina tintométrica 
Mixer Ink e todos os acessórios necessários para oferecer aos treinandos um treinamento 
completo.


Os treinamentos são destinados aos clientes e futuros clientes da Gênesis que desejam 
conhecer mais sobre seus produtos e suas aplicações da melhor forma possível: a prática.



Para agendar o seu treinamento, entre no site da empresa www.genesistintas.com.br, 
leia o regulamento com atenção e preencha sua ficha de agendamento. Que a empresa 
entrará em contato o mais breve possível para confirmar a data do seu treinamento.

DICAS PARA VOCÊ MONTAR SUA MESA DE GRAVAÇÃO DE TELAS

Antes de darmos algumas dicas para você montar sua mesa de gravação de telas de silk screen,  precisamos entender alguns conceitos básicos da gravação de telas. Vamos lá!

Primeiro, precisamos entender como as imagens são gravadas nas telas. A tela é composta de uma moldura que pode ser de madeira ou outros materiais como alumínio ou ferro. As molduras de madeiras são as mais usadas devido ao baixo custo e a facilidade de ser usada para esticar os tecidos nelas. 

Estes tecidos são geralmente de poliéster ou nylon e podem ser encontrados em lojas de material de silk screen e são vendidos a metro linear. Todos os tecidos possuem uma numeração que correspondem ao número de fios que esse tecido tem em 1 cm/linear. Os tecidos mais abertos possuem numerações mais baixas como 44, 50, 55, 62 e 77 fios/cm.

Se você vai imprimir em material têxtil (tecidos, camisas, bermudas, etc) você terá que escolher uma numeração entre 44 à 77 fios/cm. Agora que você tem a moldura e o tecido basta esticá-lo na moldura, fixando o mesmo no quadro de madeira com ajuda de um grampeador de estofador. Uma vez esticado, a tela deve ser desengordurada lavando com sabão de coco ou desengraxante próprio para esta finalidade, vendido nas lojas do ramo. Ponha para secar e proteja a tela de poeira até ser usada na gravação.

Você vai precisar de uma emulsão fotográfica e de sensibilizante, lembre-se, todos esses produtos devem ser adquiridos em lojas de silk screen. Quando você for comprar a emulsão deve escolher entre a emulsão hidrofoto (para tintas a base de água) e a plastifoto (para tintas a base de solvente). Porém, quando for prepará-las deve fazer isso num ambiente que tenha luz amarela de serviço.

Nunca prepare esta emulsão sob luz branca! A proporção é de 9 partes de emulsão para 1 parte de sensilizante, mexa bem estes produtos e deixe descaçar por aproximadamente 30 min, para eliminar bolhas de ar provocadas pela agitação. Não prepare muita emulsão pois sua vida útil é de aproximadamente  48 horas. 

Chegou a hora de aplicar a emulsão na tela limpa, com o auxilio de uma calha de acrílico, plástico, alumínio, etc. Comece aplicando uma camada pelo lado externo da tela e depois termine pelo lado interno. Para secar a tela com emulsão, utilize um ventilador, colocando a tela na posição horizontal com o lado externo voltado para baixo, sobre calços de madeira ou outro material . A tela estará seca quando sua aparência estiver fosca, coloque a tela de encontra a luz amarela para verificar a sua secagem. 

Se a tela apresentar pequenos furos, você precisa aplicar mais uma camada de emulsão pelo lado externo da tela. Estamos chegando ao grande momento da gravação. Mas pera ai! O que eu vou gravar? Escolha uma imagem a traço bem fácil para começar, com o tempo você poderá usar imagens mais complexas e com maior número de cores. Ah! Em tão no silk screen, cada cor a ser impressa deve corresponder a uma tela. Desta forma, quando vou imprimir por exemplo uma imagem com 3 cores, vou ter que gravar 3 telas. Isso mesmo!

Posteriormente, estarei postando um material especialmente elaborado para ajudar  você a preparar os filmes que serão usados na gravação das suas telas. Os filmes com as imagens a serem gravadas devem ser confeccionados com vegetal ou poliéster. 

Coloque o original preso sobre uma mesa com durex e sobre ele o vegetal ou poliéster e copie com uma caneta de nanquim a imagem. Como a imagem será gravada na tela? A tela já emulcionada depois de seca estará sensível a luz branca. Quando coloco o filme feito a nanquim junto com a tela para gravar na mesa de luz, as áreas negras do filme (grafismo) irão bloquear a passagem da luz, enquanto as áreas transparentes vão receber  ação da luz que irá polimerizar estas áreas, ou seja, vai endurecer esta camada de emulsão. Simples né! Depois de exposto à luz a tela deve ser lavada com jatos de água, para remoção da camada de emulsão que não endureceu. As telas podem ser gravadas em qualquer tipo de luz. 

Particularmente eu recomendo que você compre uma lâmpada halógena de 500 Watts, não esqueça de verificar a voltagem de sua residência antes de comprar a lâmpada (110 ou 220 Volts), esta lâmpada precisa de um refletor, o custo dela deve estar em torno de R$35,00. Prepare sua mesa com altura de aproximadamente 90 cm e coloque sobre sua base vazada um vidro de 6 mm transparente, colocando a lâmpada por baixo a uma distância de 60 cm do vidro. Geralmente esta mesa grava com um tempo de exposição de 2 minutos aproximadamente. 

Coloque sobre o vidro o filme com a imagem desenhada em nanquin e depois a tela emulcionada, em seu interior coloque uma flanela ou plástico preto e sobre ela uma placa plana de madeira, vidro, etc. Coloque agora, alguns pesos sobre esta placa para um perfeito contato na hora da gravação. Esses pesos podem ser feito com latas vazias de leite em pó ou achocolatados colocando um pouco de concreto no seu interior, se quiser sofisticar um pouco, poderá introduzir no seu interior uma alça de vergalhão, para facilitar o seu manuseio. Deixe exposto a luz por aproximadamente 2 min, a seguir revele com o auxílio de um jato de água, para remoção da camada que não endureceu na luz. Deixe secar e pronto. 

Verifique se existe algum retoque a fazer na tela, se for necessário utilize esmalte de unha para fazer os retoques, aplique uma fita crepe nas laterais interna da tela, para vedar e não deixar a tinta passar nessas áreas. Você agora poderá imprimir com o auxílio de tintas e rodos de borrachas. Se você seguir estas dicas, creio que vai dar tudo certo. Qualquer dúvida, estamos aqui! 

Se precisar de mais informações - email: doutorsilk@gmail.com.