SERIGRAFIA E SIGN 2017

sábado, 31 de março de 2012

FOTOLITO DIGITAL

 Os filmes são produzidos atualmente em imagesetters a laser. Os dados processados são convertidos em telas e linhas por um PostScript RIP (Raster Image Processor), e traduzida para a linguagem de máquina do imagesetters. O resultado, então, é a produção do filme.

As imagesetters são equipamentos que geram os arquivos magnéticos transformando-os em papel fotográfico ou  separação de filmes de alta resolução. Os resultados obtidos na saída,  combinam uma variedade entre resolução, lineatura e ângulos para a máxima fidelidade, evitando os moirés, incômodo visual caracterizado pelo erro no registros das cores angulares.




Como funcionam?

Operacionalmente, uma imagesetter é semelhante a uma impressora PostScript. As diferenças entre uma impressora laser ficam por conta da resolução, formatos e mídias.
Em vez de sensibilizar um tambor fotossensível e transferir toner para o papel, o feixe de laser da imagesetter sensibiliza diretamente o filme ou papel fotográfico.


Controle de qualidade:
Para reproduzir imagens com meio tom e filmes de cores com qualidade profissional é necessário uma saída precisa e uniforme.
É importante uma boa densidade de imagem, ou seja, a capacidade do filme produzir um preto chapado. A segunda condição que afeta a qualidade dos meios-tons é a reprodução dos valores de retículas: se você cria um benday com 30%, você espera que uma tinta a 30% tenha 30% no papel ou no filme. Outro requisito é a precisão nos registros, independe de quando e como foi gerado.
Devemos usar um softwares de calibração nas imagesetters e densitômetros para que a saída seja a mais confiável, garantindo o resultado previsto nos arquivos de seus clientes.

Resolução de entrada
É a capacidade do scanner em capturar os detalhes de uma imagem, normalmente medida em dpi (Dots per inch ou pontos por polegada). Quando maior a ampliação da imagem é a resolução, maior será o tamanho em bytes do arquivo.

Resolução do monitor
Normalmente é de 72 dpi. Mesmo que você tenha uma imagem  em 300 dpi, a tela mostrará a imagem com 72 dpi. Assim, para ver mais detalhes, você precisa ampliar a imagem na tela.

Resolução de saída
É a definição da impressora ou imagesetter, sua capacidade de gerar detalhes. Medida em dpi. Uma impressora laser comum tem 300 dpi e uma imagesetter pode chegar fácil a 3600 dpi.

Resolução impressa
Medida em LPI (lines per inch ou linhas por polegada), é a qualidade da imagem no papel. Indica qual o tamanho do ponto, isto é, quanto menor, mais a imagem fica definida.

Uma imagem impressa com qualidade depende da combinação destes quatro tipos de resolução.


Resolução mínima  (DPI) = 1,45 x nº de LPI
Resolução máxima (DPI)  =      2 x nº de LPI












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário, participe com suas sugestões!